Acerca de mim

A minha foto
Sou apenas um pontozinho no Universo. Não existo fora de mim ou deste espaço, alguém me criou e aqui nasci. Mas nascer é o quê, começar a existir ou a viver? Cada dia encontro uma resposta, em cada dia uma resposta diferente. Por isso nada sei do que eu sou.

domingo, 27 de janeiro de 2013

Rosa desfolhada

(Imagem da Net)
 
Havia gelo na estrada.
Mais gelo tinhas tu no coração.
E como rosa desfolhada
tinha eu a alma amarga
caminhos da perdição.
 
Maria da Luz S.
(Lu)
 

3 comentários:

Ailime disse...

Olá Lu, que poema belíssimo em perfeita sintonia com a foto! E que o tempo quentinho venha logo para que a rosa ressurja em todo o seu esplendor:)).
Beijinhos e boa semana. Ailime

Felipa M. disse...

Tanta gente assim...

Miguel Afonso disse...

Tanto gelo havia na estrada
e também em certo coração!
Linda rosa desfolhada,
ter-te ao peito aconchegada
seria para mim doce ilusão...